• Ozair da Paixão

"Para sempre no meu coração"

Já há algum tempo eu eu estava com este tema para expor.


Senti a necessidade de fazê-lo, pois em muitas conversas particulares, costumo dizer que esta é uma das certezas da vida e talvez a única para a qual nunca estamos preparados para enfrentá-la. E é assim que nos sentimos, quando somos confrontados com a despedida terrena de alguém querido.


A #vida pode ser plena, #abundante, #feliz, #cheia de #amor e #alegria. Já a #morte, traz inserido no seu nome: dor, separação, tristeza; às vezes uma desejada, mas impossível recuperação.


Ninguém está isento de passar por isso por causa da idade, credo, opções de vida. Todos nós passamos ou passaremos por #perdas de queridos, quer seja da família ou de círculos sociais nos quais estamos inseridos.


Com a pandemia causada pelo covid19 instalou-se um caos na cabeça e na vida de muita gente. Muitos ficaram sem rumo, sem emprego, sem chão e outros até sem teto. Outros tantos perderam alguém próximo ou viram os desfiles de notícias de mortes causadas pelo covid19. Todos esses tiveram que experimentar o #luto.


Pessoalmente tenho passado por momentos de perdas que tornam a linha do tempo um tanto pesada com tantas perdas próximas:

2010 - meu primeiro esposo foi vítima de um derrame cerebral e não resisitiu;

2014 - meu pai, saudável, teve um ataque cardíaco fulminante;

2017 - meu cãozinho, companheiro que me ajudou a recomeçar foi diagnosticado com um tipo de câncer muito agressivo e não resisitiu;

2018 - minha mãe, paciente vítima do Alzheimer, foi regressivamente se despedindo...

2020 - veio o avassalador vírus, levando amigos queridos sem deixar a chance de despedida,


Conversando com algumas mães tenho escutado de muitas que não sabem como falar da morte para as crianças. Transcrevo um trecho de nossa conversa:


Ozair Da Paixão: A coisa mais certa da vida é a que mais choca... 😕
Mãe : Verdade...
Ozair Da Paixão: Obrigada por me dizer. Ela estava na minha lista de "saber como vai"
Ozair Da Paixão: .......
Mãe: Ela gostou muito de ter feito aulas de português, sempre escrevia algo em português para minha família nos aniversários, etc
Ozair Da Paixão: Estava tão contente ela com esta possibilidade e o sonho de falar em Português com as netas, pois Mãe não queria que ela falasse errado com as meninas. 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂
Mãe: Ela sempre foi muito positiva, muito difícil reclamar de algo
Mãe: 🤣🤣🤣
Ozair Da Paixão: E eu reforçava: o seu melhor é o seu holandês : seu legado para as netas. E ela continuava firme.
Mãe: Ela gostava de aprender e de mostrar aos outros o que aprendia
Ozair Da Paixão: Que legal....Vou sentir saudades de minha aluna...
Ozair Da Paixão: Mãe, não quero lhe alugar, mas tenho uma pergunta: como vc falou de morte para as meninas?
Mãe: Tentamos não focar muito no assunto, elas sabiam que a oma estava muito doente, então foi mais fácil a notícia da morte.
Ozair Da Paixão: .......
Mãe: Mas elas ainda são muito novas para entender a real dimensão
Ozair Da Paixão: Claro.
Mãe: .....
Ozair Da Paixão: Esse livro traz uma história que gostei muito.
Não foca na morte, mas justamente nas lembranças que (coincidência ou não) a avó deixou ao ter sido uma verdadeira amiga da Netinha.
Ozair Da Paixão: https://nl.livrosforkids.nl/search-results-page/Para%2520sempre
Mãe: Legal, vou dar uma olhada
Mãe: Obrigada
Ozair Da Paixão: De nada.
Ozair Da Paixão: Vou Continuar aqui.
Ozair Da Paixão: Nossa. Conversa. Me inspirou a terminar meu texto sobre luto. Posso usar trechos dela, não é? 😁
Ozair Da Paixão:....
Mãe: Sim, claro

Outra mãe estava muito triste e não sabia que palavras usar para contar ao filinho que o cachorro tinha morrido. O filhinho iria acordar e não encontraria mais o amigão e companheiro de todos os dias. Sim, como um membro da família que dedicou sua vida ao companheirismo e proteção da família e agora partiu.


E foi asssim.... Alguns dias se passaram, deixei o tema em banho-Maria, mas ele persiste e não posso mais me demorar..


É importante que as crianças entendam que a vida tem suas fases:

- ser gerado

- nascimento

- crescimento

- experiencias diversas

- morte

... e é justamente nesse último ítem da lista percebe-se a nossa "inificiência".


Como, então, falar deste tema com as crianças?


Da coleção"Bem-me-Quer, destaco então o livro "Para sempre no meu coração"


PARA SEMPRE NO MEU CORAÇÃO traz a históia de Dorinha, que é uma menina muito inteligente, simpática e bastante extrovertida. Como não consegue enxergar, vovó Zinha mostrou a ela que o mundo não é feito só de imagens, mas também de aromas, sons, gostos e sensações.

Uma história sensível e delicada sobre o luto, que vai encantar os corações dos pequenos e também dos adultos.


O próprio Mauricio de Souza, apresentando essse e outro livro também adequados para falar sobre temas como esse e sobre o medo, que é também um dos sentimentos trazidos com a morte.


@Mauricodesouza @turmadamonica @livrosforkids @livrosforkidsbenelux

#turmadamonica #parasemprenomeucoracao #mauriciodesouza #livrosforkidsbenelux #livrosforkids #morte #covid19 #luto

1 visualização
  • tjilpen
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • LinkedIn Social Icon

Inscreva-se para receber

© 2018 LivrosforKids.nl Holanda, Belgica e Luxemburgo